segunda-feira, 19 de abril de 2010

Ainda há esperança...(com reticências)

Vocês viram que eu estava nostálgica no post anterior...sentindo falta de um passado que me pareceu muito distante...então fui conferir algumas fotos antigas e me deparei com uma coleção de cartas, bilhetinhos, cartões de natal e claro...fotos...

Primeiro quero esclarecer que eu não sou uma pessoa que acha que o tempo que passou que era bom...'que a gente era feliz e não sabia...", pelo contrário, cada fase de nossa vida tem o lado bom e o lado ruim e acredito que o tempo de hoje é que é importante, gosto da minha vida como é hoje, mas sei que a qualquer momento as coisas podem mudar e talvez seja isso que me deixa pensativa.

Sei que foi muito bom olhar cartas antigas, fotos de viagens com amigos que hoje nem sei mais como estão, lembrar de um mundo diferente, me ver vestida com roupas diferentes das que eu uso hoje, cabelo diferente (eu não pintava), sonhos, alegrias, tristezas, expectativas, pensamentos...

Esse olhar para o passado me fez ver que essa pessoa da qual eu sinto saudades está aqui dentro, talvez não tão diferente quanto eu acho que está...mas com certeza muito mais segura do que quer...só tenho que deixar que ela seja ela mesma novamente.

Um comentário:

Marília_dosAnjos disse...

Simples vida... Ou complicada? Pensar no amanhã, viver hoje e relembrar o passado... O hoje é importante o resto é consequência.. Não vale a pena lamentar-se... Viver, assim, sei lá, desse jeito, simples! Ou não!