quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Ame o vazio...


"Sonhamos o voo, mas tememos as alturas.

Para voar é preciso amar o vazio.

Porque o voo só acontece se houver o vazio.

O vazio é o espaço da liberdade,

a ausência de certezas"

(Rubem Alves)

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Tudo azul...

Que saudades de vocês...tanta coisa aconteceu...tantas novidades...mas nessa correria de final de ano não vai dar para contar tudo agora...mas já estou preparando o texto com as novidades, conto tudo que aconteceu depois...

Fazia tempo que eu não gostava tanto desta época...mil coisas na cabeça...mil coisas para fazer...

Mas agora só estou passando mesmo para mudar o template do blog (o de Natal foi escolhido pelo amigo) e deixar uma mensagem programada para o Ano Novo...

Aproveitem bem a época...sejam felizes!!!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

É isso aí moçada...

Hoje é o meu último dia de trabalho esse ano...retornarei das férias apenas dia 04 de janeiro de 2010...caraca, maluco...2010!

Já parei de ir na faculdade, encerrei o semestre e nem precisei fazer a sub de Análise de Investimentos, que era a minha preocupação.

Férias!!!!

Quarta também foi o último dia de natação esse ano...e bem no último dia eu fiz aula na parte mais funda da piscina...quando minha professora me chamou para ir para lá fiquei com um medinho, pensando que não conseguiria, mas fui e nadei normalmente...fiquei super feliz....ano que vem eu vou fazer as aulas lá.

Ai...ai...ai...

Esse clima de final de ano...hora de fazermos um balanço do ano que se encerra e programar o próximo ano...se bem que para mim o ano começa mesmo a partir de 08 de fevereiro (depois do meu aniversário), quer dizer é quando eu coloco em prática todas as resoluções de 'ano novo'....em janeiro tiro férias até de mim mesma....

Hoje só quero saber do happy que vamos fazer mais tarde...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Estou boba...

Essa semana li no jornal que Piracicaba ganhou uma muda de baobá....que existem 21 no Brasil todo. A primeira coisa que me lembrei foi do Pequeno Príncipe!

Hoje entrei no primeiro blog que eu comecei a acompanhar (SublimeSucubus) e fiquei sabendo que a Carrie me linkou...achei o máximo!

Ai, ai...se continuar assim vou ficar cada vez mais boba...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

aCReDiTe eM VoCê

" Sua vida muda a cada segundo;
é a soma de todos os momentos que faz com que você seja tão diferente
e tenha uma história que só você pode contar.
Isso porque a vida não é feita de traços retos , perfeitos e comuns .
A vida é feita do seu talento de transformar até os mais simples acontecimentos
em lembranças inesquecíveis ! "
(Anônimo)

Mais do nada...

Segunda-feira não fui trabalhar porque emendei com o feriado, acordei com o celular tocando logo cedo, atendi e voltei a dormir mais um pouquinho já que eu só ia ao dentista às 10:00h. Eu tinha planos de resolver um monte de coisas que estavam pendentes e consegui resolver tudo, mas quando eu vi o dia já tinha passado. Acabou que eu nem saí à noite com o pessoal, nós tínhamos combinado de irmos a um barzinho, mas como começou chover todo mundo resolveu ficar em casa assistindo a novela.

E por falar em chuva...choveu a noite toda. Na terça de manhã acordei super cedo pois eu tinha viagem marcada com o pessoal da faculdade para conhecermos a BM&FBOVESPA e ainda estava chovendo. Saímos da frente da faculdade e estava chovendo. Paramos no Graal na estrada para tomarmos café e estava chovendo.

Depois que tomamos café, as informações que recebemos era de que São Paulo estava inundada, com engarrafamentos gigantescos. Daí os professores, para não perdermos a viagem, perguntaram se queríamos ir para o shopping Outlet Premium e depois para o Parque D. Pedro.

Eu preferia mil vezes ter voltado para Piracicaba e aproveitar o dia de outra maneira, mas como a maioria venceu, ficamos o dia inteiro (até às 17:00h) no shopping. Mas ao contrário do que eu imaginava foi bem divertido.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Os caminhos que não são nossos...


Às vezes percorremos caminhos que não nos pertencem. De repente a gente entra por uma porta e percebe que essa porta nos leva a um lugar que não era para fazer parte da nossa vida, encontramos com pessoas que não eram para fazer parte da nossa vida (não da maneira como fazem) e quando percebemos o que está acontecendo já é tarde. Mas nunca é tarde demais para fazer a coisa certa, nunca é tarde demais para reconhecer que cometemos um erro e voltar atrás. Ter humildade e coragem de reconhecer que erramos não é fácil, mas é a única maneira de sermos felizes, de seguir em frente, ouvir a voz do coração e aprender.

domingo, 6 de dezembro de 2009

O findi

Quinta-feira eu fiz a última prova...pelas minhas contas só fui mal (não tão mal) em Análise de Investimentos, mas só vou começar a me preocupar quando eu souber a nota...rsrrsrs.

Depois que eu saí da prova fui com o amigo no barzinho em frente à faculdade tomar uma (?) cerveja. Foi ele e mais dois amigos (que eu acho super simpáticos), ficamos até tarde...os dois amigos dele foram embora e ficamos só nós dois até o barzinho fechar (fazia muito tempo que a gente não fazia isso)....

Eu e o amigo nos aproximamos numa noite dessas que fomos no barzinho depois da faculdade...ficávamos conversando até depois que o barzinho fechava, o cara do bar até tirava sarro dele perguntando se ele era meu psicólogo e nesta quinta o amigo fez jus ao apelido e fez uma análise a meu respeito, claro que muita coisa ele sabe através aqui do blog, outras ele sabe porque passamos o dia todo juntos...mas eu gostei, aliás, eu gosto de conversar com ele...

Se bem que tem horas que eu não consigo entender o amigo de jeito nenhum...mas tem horas que ele consegue me surpreender...acho que vou pedir para ele fazer mais o papel de psicólogo...

*******************************************************

Sexta-feira fui trabalhar passando levemente mal (bebe mais...dorme tarde...), só consegui comer alguma coisa depois das 08:30h...isso sem contar o soooono.

Eu tinha combinado com o pessoal de fazermos um happy mas acabou não dando certo, um tinha que fazer uma coisa, outro tinha que trabalhar até tarde, outro estava em São Paulo....vai ficar para outra oportunidade...

******************************************************

No sábado acordei super cedo (para um sábado), 07:30h...e como eu tinha resolvido, fui fazer um faxinão...pintar cabelo, cortar, tirar a sobrancelha, o buço (é...eu tenho bigode...), fazer as unhas...Aproveitei também para comprar algumas coisas que eu queria...

Depois fui na confraternização de final de ano do meu serviço, combinei com a mocinha que trabalha comigo e eu, ela e o namorado dela aparecemos por lá depois do almoço...

Não fiquei muito tempo, os meninos do meu serviço estavam se divertindo na piscina, no truco...é diferente ver o pessoal sem ser no serviço...

Ainda no sábado fui no shopping dar umas voltas para ver as novidades...

À noite fui no Baile do Hawaii do Clube da Caterpillar....eu só tinha ido lá nos Flash Nigth e nas festas à fantasia, baile do hawaii foi a primeira vez...Encontramos um monte de gente conhecida...o E-Dub e o E-Dubinho e mais o amigo dele ficaram dançando com a gente, encontramos nossa amiga que fazia muuuuito tempo que não saia com a gente....eu só sei que ficamos até a festa acabar e eu nem vi a hora passar...

Dormi na casa da minha amiga...as duas numa cama de solteiro...mas eu estava tão cansada que se tivesse dormido no sofazinho de dois lugares sem cobertor eu nem teria notado...rsrsrss...

******************************************************

No domingo quando acordei fui embora para casa...minha mãe queria que eu passasse no supermercado comprar algumas coisas...passei. Quando cheguei em casa, tomei banho e fiquei esperando o almoço...depois do almoço dormi novamente. Acordei quando minha irmã e minhas sobrinhas chegaram em casa junto com meu cunhado e meu outro sobrinho que vieram aqui em casa assistir o jogo.

O pessoal queria ir assistir o jogo no barzinho mas não fui, acabou que ninguém foi...assisti o final do campeonato em casa e não poderia ter acontecido coisa melhor....Flamengo Campeão (achei pouco para o São Paulo) e Palmeiras nem vaga para a Libertadores conseguiu...hahahha.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Falta do que fazer?

A pessoa até tem coisa mais importante para fazer...mããããsss...prefere fazer uma mudança radical no blog...

Paradinha para reflexão...


"Não tente adivinhar o que as pessoas pensam a seu respeito.

Faça a sua parte, se doe sem medo.

O que importa mesmo é o que você é.

Mesmo que outras pessoas não se importem.

Atitudes simples podem melhorar sua vida.

Não julgue para não ser julgado...

Um covarde é incapaz de demonstrar amor,

Isso é privilégio dos corajosos."

(Gandhi)

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Programa família


Sábado de manhã falei que eu ia doar sangue mas quando acordei estava uma chuvinha tão gostosa que não deu vontade de levantar da cama não, vou deixar para ir doar sangue nas férias (depois do dia 18). Quando acordei mais tarde, tomei banho e fui no centro, acabei almoçando por lá mesmo e depois fui para a faculdade.

Na classe não tinha muita gente, aproveitei para tirar algumas dúvidas para a prova de quarta-feira, entregar o trabalho e fazer o exercício que meu prof passou na hora. Quando cheguei em casa fui estudar, mentira, primeiro assisti um filme, depois fui estudar. Minha mãe tinha ido na casa da minha irmã, porque a gente ia para Aparecida do Norte mais à noite.

Depois que estudei um pouco fui caminhar e na hora que eu estava voltando começou a cair a maior chuva...delícia...fazia tempo que eu não tomava chuva assim, quer dizer, não tomava chuva por vontade própria porque eu tomei chuva umas três vezes só essa semana, voltando do trabalho, da faculdade, tomar chuva assim eu não gosto %$#@@@*¨¨%%$...mas adoro tomar chuva por livre e espontânea vontade...

Então que eu fui para Aparecida do Norte com o pessoal da minha casa. A última vez que eu tinha ido a Aparecida do Norte eu tinha dez anos de idade (dezenove anos atrás, pode fazer as contas, eu tenho 29) e todo ano o pessoal de casa vai para lá e eu nunca vou. Esse ano resolvi ir. A lembrança que eu tinha de lá era totalmente diferente...parecia que era maior, mas eu sei que a verdade é que eu era menor....rsrrs.

A viagem foi divertida e cansativa também...fomos em todos os lugares possíveis: Basílica velha, presépio, shopping, feirinha, teleférico, passarela, Basílica nova, praça...ufa! E como andamos....andamos para comprar uma boneca de pano que minha sobrinha sismou que queria e enquanto não achamos a que ela queria ela não sossegou, nos perdemos uns dos outros...almoçamos todos juntos no restaurante e na parte da tarde cada turma foi para um canto ver o que queria....depois nos encontramos de novo.

Tinha duas coisas que eu queria fazer...a primeira era tomar sorvete (lembrança de criança), a segunda era acender uma vela do meu tamanho e eu fui com minha mãe, minha irmã e minha sobrinha comprar a vela e acender, em agradecimento, na capela das velas. Depois fomos olhar a sala das promessas...eu lembrava vagamente, já tinha visto por foto, na televisão....mas confesso que fiquei emocionada vendo aquele ambiente, as fotos das pessoas que conseguiram alcançar uma graça, realizar um sonho, se curar de uma enfermidade....e acredito mesmo que quando a gente possui fé (qualquer que seja a crença, religião) as coisas acontecem....e quando eu voltar lá (demore o tempo que for) eu vou levar a fotinho do meu sonho (sonhos) realizado.

Na hora de vir embora não veio aquela falação da ida....veio todo mundo dormindo na van...cheguei em casa quebrada, mas ainda fiquei acordada para ver o resultado da rodada do Brasileirão....melhor não podia ter sido.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Simpósio Trabalhador Responsável

Hoje não fui trabalhar, participei do Simpósio Trabalhador responsável realizado na Coplacana, das 08:00h às 17:00h. Saí de casa atrasada e quando cheguei lá fiz o credenciamento, peguei minha pastinha e caneta e fiquei olhando para ver se eu via alguém conhecido...nada. Estava sendo servido o café da manhã...adoro....fui tomar suco, comer uns pãezinhos...até que eu encontrei a Jo, ela também é Técnica em Segurança do Trabalho...depois encontramos mais um monte de gente conhecida: o Geraldo que era o coordenador e também professor do curso quando a gente estudava e o Paulão que era puxa-saco desde aquela época, o pessoal da Assemoc que presta consultoria para o meu serviço na parte de segurança do trabalho, o Juaci que foi nosso professor e hoje trabalha na Melo's Consultoria, que também presta serviços esporádicos para o meu serviço, etc...

Eu gosto de participar deste tipo de evento porque a gente sempre encontra o pessoal que se formou com a gente, que deu aula, trabalha na mesma área...a Jo não se formou na minha turma, se formou uma turma antes, mas a gente fez amizade e vive se encontrando, fizemos o mesmo curso também lá no CBTA e foi eu que falei para ela mandar currículo no atual serviço dela, na verdade eu também estava concorrendo a vaga, mas no fim chamaram ela que não é fraca não, está fazendo engenharia civil...coisas da vida...claro que a gente aproveita esses eventos para colocar a fofoca em dia...saber onde fulano está trabalhando, o que está estudando...

Isso sem contar que se você gosta de comer e não quer trabalhar com comida, ser Técnico em Segurança do Trabalho é uma ótima alternativa...você tem, por determinação de convenção coletiva, 10 dias durante o ano que você pode faltar para participar de cursos, seminários, simpósios, etc de interesse da categoria...desde que comunique a empresa com 48 horas de antecedência e leve o certificado para comprovar sua participação...e em todos os eventos tem sempre muuuuita comida.

Na época que eu estudava a gente até tinha uma brincadeira...quando falavam para a gente participar de alguma palestra a gente sempre perguntava: Vai ter coffee break? Vai ter certificado?...Se for sim então vamos!....A comida? Teve coffee break antes de começar as palestras, teve coffee 10:30h e teve coffee break na hora de ir embora, isso sem contar o almoço, que também foi por conta deles. Nem preciso falar que eu comi a vontade...também, só coisas gostosas...quem resisti?

Mas não pense que eu não prestei atenção nas palestras...no total foram 08 palestras durante o dia, cada uma com duração aproximada de 40 min...mas que eu gostei e vou aproveitar na minha área de trabalho foram quatro...ah! e eu ainda não contei o micão...eu tenho uma sorte...nos sorteios dos brindes o número do meu crachá foi chamado...lá sobe eu no palco pegar o meu brinde...ganhei um macacão de tecido descartável da Uniline (só não sei ainda o que vou fazer com ele)...na hora de embora ainda ganhamos sacola e camiseta do evento.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Uma carta

"Não pense que a pessoa tem tanta força assim a ponto de levar qualquer espécie de vida e continuar a mesma. Até cortar os defeitos pode ser perigoso - nunca se sabe qual o defeito que sustenta nosso edifício inteiro... há certos momentos em que o primeiro dever a realizar é em relação a si mesmo. Quase quatro anos me transformaram muito. Do momento em que me resignei, perdi toda a vivacidade e todo interesse pelas coisas. Você já viu como um touro castrado se transforma em boi. Assim fiquei eu... Para me adaptar ao que era inadaptável, para vencer minhas repulsas e meus sonhos, tive que cortar meus grilhões - cortei em mim a forma que poderia fazer mal aos outros e a mim. E com isso cortei também a minha força. Ouça: respeite mesmo o que é ruim em você - respeite sobretudo o que imagina ser ruim em você - não copie uma pessoa ideal, copie você mesma - é esse seu único meio de viver. Juro por Deus que, se houvesse um céu, uma pessoa que se sacrificou por covardia ia ser punida e iria para um inferno qualquer. Se é que uma vida morna não é ser punida por essa mesma mornidão. Pegue para você o que lhe pertence, e o que lhe pertence é tudo o que sua vida exige. Parece uma vida amoral. Mas o que é verdadeiramente imoral é desistir de si mesma."
Clarice Lispectorcarta enviada à irmã; Paris, 1947

Tem dias que eu acordo assim...


Tem dias que todas as coisas dão certo...hoje eu acordei me sentindo muito bem...ainda tenho um monte de coisas que eu quero melhorar, mudar mas já consigo enxergar uma luz no fim do túnel. Fiz uma lista de todas as coisas que eu realmente quero e sei que só falta muito empenho meu para que eu consiga realizar.

E ainda por cima está chegando a época que eu mais gosto no ano. Hora de fazer um balanço das coisas boas e ruins que aconteceram durante todo o ano, reunir a família no Natal, se divertir muuito com os amigos no reveillón, ficar de férias e planejar o ano que vem...

Sei que ainda falta tempo e tem muita coisa para acontecer até o final deste ano...mas hoje acordei assim...otimista, com a minha visão de copo cheio renovada...hahhahah...

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Pequenas coisas...

Gente...faz tempo que eu não apareço por aqui...mas vou contar para vocês o que tem me acontecido....

- Eu não via a hora que chegasse o feriado da semana passada para eu poder descansar um pouco. Na sexta-feira eu levantei cedo e fui caminhar...sim, caminhar...depois que meu amigo disse que eu estou ficando a gorda mais gostosa que ele conhece eu resolvi criar vergonha e fazer um pouco de exercício... desde o começo do ano que eu relaxei e não fazia outra coisa a não ser comer, beber e dormir...rsrsr...mas como eu achava que meu peso não estava tããããão mal eu não tomei providência...Aproveitei o resto do dia para cuidar das minhas coisas...minha irmã também apareceu em casa para eu fazer chapinha no cabelo dela e da minha sobrinha que iam num casamento.

- No sábado eu levantei cedo, fui caminhar, fui no centro comprar algumas coisas para fazer um xurras em casa no domingo que foi o aniversário da minha mãe, depois fui na lan house gravar o CD com as fotos da minha irmã (que faz um século que ela está pedindo) e depois fui na chácara onde estava tendo um churrasco. Chegando na chácara eu pensei que eu tinha esquecido minha câmera na lan house, volta eu lá para ver se alguém tinha achado, nada. Pensei que eu tinha perdido minha câmera (se bem que eu só encontrei a câmera no domingo dentro da minha bolsa quando minha amiga ligou dizendo que tinha perdido a dela e pedindo para eu ver se não estava comigo). Fiquei na chácara até tarde...a turma toda apareceu por lá, super divertido...minha amiga me jogou de roupa e tudo na piscina, do lado mais fundo...quando eu cai na água quase me desesperei porque não dava pé...daí que eu lembrei que agora eu sei nadar...hehehhe...

- No domingo acordei cedo novamente, fui caminhar de novo....na volta da caminhada passei comprar algumas coisas que ainda estavam faltando...Eu muito crente que não estava pesado levei tudo na mão, detalhe...o supermercado é bem uns oito quarteirões da minha casa...cheguei em casa suando, com os braços todos vermelho e marcado das sacolas. Mas tudo bem, né...aniversário da minha mãe.
Vocês imaginem...minha família é grande, contando com irmãos, irmãs, cunhados, cunhadas, sobrinhos e sobrinhas. O dia todo foi um tal de atender telefone, abrir o portão...Eu estava com saudades de ver a família reunida, quando eu era criança minha casa era bem agitada, meus irmãos moravam todos pertos, a casa vivia cheia de sobrinhos correndo de um lado e outro...agora a gente só se vê nos finais de semana, quando dá...e não é todo mundo junto...Foi muito bom.


- Eu estava pensando que ia ter mais uma semana de aula...na verdade estamos na última semana de aula, semana que vem eu tenho prova todos os dias e depois se eu for bem nas provas estarei de férias, obaaa! Então já comecei a correria para entregar todos os trabalhos e para estudar para as provas da semana que vem...

- Há males que vem para o bem...tem coisas que mesmo que a gente queira não conseguimos fazer, mudar.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Só para garantir...

Amar exige coragem!


Reza a lenda que eu tenho o coração de pedra, que eu não me envolvo emocionalmente com ninguém, que eu sou muito difícil de gostar de uma pessoa, que eu tenho fãs interessantes, mas que eu não me interesso em namorar ninguém...talvez a imagem que eu passe seja esta mesma, mas as aparências enganam....

Eu não sou essa pessoa insensível que todos acham que sou. Confesso que eu uso sim uma armadura para me proteger, todos nós usamos, ninguém sai por aí expondo seus sentimentos para todo mundo (aqui no blog é diferente)....principalmente quando você sabe que a pessoa não sente o mesmo que você ou quando você sabe que a pessoa não respeita o sentimento de ninguém.

Quem me conhece bem de perto sabe o quanto eu sou manteiga derretida...novela, filmes, livros invariavelmente fazem as lágrimas escorrerem dos meus olhos. Cenas, histórias tristes, desentendimentos....só meu travesseiro sabe do que estou falando. Que eu me faço de forte mas que chega uma hora que eu não aguento e choro de soluçar (detesto quando isso acontece, são raras as vezes que acontece, mas acontece).

Sou amiga, adoro ser psicóloga dos meus amigos e amigas, gosto de ouvir as pessoas desabafarem, ajudo sempre no que posso, acredito que atitudes valem muito mais que qualquer palavra...

Mas também sei ser dura quando a situação assim o exige, não tenho a mínima vocação para ser cachorrinho de estimação, que leva patada e está sempre ali abanando o rabo com a língua de fora. Tenho amor próprio, por mais que eu goste da pessoa ser sempre magoada acaba fazendo eu me afastar, me fechar novamente.

Podem dizer que eu sou antiquada, romântica, fora de moda....mas quando me envolvo com alguém quero ser bem tratada, me sentir especial, ter uma companhia agradável para dar risadas, conversar sobre todos os assuntos, passear, etc...


Não, eu não estou esquecendo que tem que existir atração física, aliás, eu acho que atração física é o item mais importante porque senão seria somente amizade, não é mesmo? Mas para que essa atração física de torne algo especial tem que existir outras coisas também, como respeito, carinho, atenção, sinceridade....porque senão não acontece a coisa mais bacana de se estar com alguém, que é a intimidade, confiança.

Eu desconfio que talvez eu nunca tenha amado alguém de verdade, claro que já me apaixonei... mas eu ainda não encontrei e estou perdendo as esperanças de encontrar uma pessoa que me faça acreditar no amor verdadeiro, que me faça querer ser uma pessoa melhor do que sou hoje, que dê um sentido novo à maneira como eu vejo o mundo, que quebre todos os meus paradigmas e que me faça ver que eu não tenho razão sobre nada.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Nem tão descente assim...estou com pressa...


Eu sou uma pessoa equilibrada e prometi não me estressar com certas pessoas essa semana...eu e o amigo nos desentendemos tanto que está perdendo a graça...tudo que eu falo ele acha que é frescura minha...disse que nunca mais ia ler meu blog...aguardem post futuro...

****

O meu trabalho em grupo para a faculdade ficou muito legal....teve estress, teve cara feia, teve promessa de nunca mais fazer trabalho com fulana, etc...mas entre mortos e feridos salvaram-se todos, digo todas. Eu fiquei com a parte de fazer uma palestra...fiz aqui na empresa semana passada.

****

Faz dias que estou ensaiando de ir no cinema...tem dois filmes passando que eu estou querendo assistir, ontem o pessoal foi assitir Jogos Mortais VI, mas eu não fui...sai da faculdade mais cedo, mas estava tão cansada que preferi ir embora para minha casa.

****

Ainda não comecei os dois trabalhos que eu tenho que fazer, ainda não tive inspiração, mas como eu tenho que entregar um terça-feira que vem eu tenho que achar inspiração rapidinho...

****

Esse Campeonato Brasileiro já virou bagunça...por isso que eu não sou palmeirense eca nem para se manter líder...sem comentários.

****
Estou lendo A ponte para o sempre de Richard Bach (na verdade estou relendo, já li esse livro há uns cinco anos atrás)...a maioria das pessoas só conhece o livro Fernão Capelo Gaivota que ele escreveu, mas esse que estou lendo conta a história de como ele conheceu a mulher dele...é uma das histórias de amor mais lindas que eu já li.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

É só um desabafo...amanhã volto com um post descente...


Eu sei...eu sei...está meio abandonado isso aqui...mas não se preocupem eu ainda estou viva...mas é que ultimamente não tive muito saco para escrever...primeiro porque me dá uma preguiça explicar meus sentimentos, segundo porque eu não quero ter que explicar certas coisas que eu sinto e penso, estou achando melhor deixar como está, até porque tudo na vida passa...e eu sei que o que estou pensando e sentindo também está prestes a passar...

É complicado...mas o que eu mais anseio é por mudanças...do jeito que as coisas estão não podem continuar, e essas mudanças tem que vir de dentro...e digo isso porque as coisas que eu mais quero que mudem dependem da minha maneira de agir...de eu perder o medo e acreditar que eu consigo realizar...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

A gente mal nasce, começa a morrer...

Muitas pessoas morrem de medo da morte. Confesso que eu não tenho medo de morrer. Mas eu tenho medo de sentir dor na hora de morrer. Se a minha morte for rápida para mim tudo bem, vou ter que passar por isso mesmo. Se eu pudesse escolher como vai ser a minha morte eu escolheria morrer dormindo.

Mas quando eu penso em morte me dói mais saber que eu deixarei para trás todas as pessoas que eu amo, todos os meus sonhos (só espero que dê tempo de realizar todos), que não poderei fazer mais as coisas que eu gosto, ir aos lugares que me fazem bem...Eu nunca pensei na morte como uma coisa ruim, mas como um rito de passagem para algum lugar aonde nossa alma vai para depois voltar e aprender o que deixamos de aprender (pelo menos é essa visão que mais me conforta).

E pensar na nossa morte de vez em quando faz com que paremos para analisar que tipo de vida estamos levando, para quais valores e sentimentos estamos dando importância. Nesses momentos que eu paro para refletir se tenho feito todas as coisas que eu quero e traço planos para todas as coisas que eu quero que aconteçam...Façam-se esta pergunta: Se hoje fosse o meu último dia de vida, o que eu gostaria de fazer???

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Semaaaana eu quero veeeer...a semana acabaaaar

Hoje está a maior cara de sexta-feira...um liga, outro manda e-mail...tudo para ver o que vamos fazer no findi, como acontece toda sexta-feira, só que hoje ainda é quinta-feira e cada vez que eu olho no relógio tenho a impressão que ele está de brincadeira comigo pois as horas não passam...parece que os ponteiros não saem do lugar.
Aliás essa semana toda foi assim...se arrastou...apesar de eu ter chegado tarde na segunda por ter ido terminar o curso de Designado da CIPA, ter ido no dentista na terça e hoje ter ido no médico pegar atestado para eu poder ir na natação os momentos que eu estive no serviço foram leeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeentos e eu contei os minutos para poder ir embora. Eu adoro trabalhar no meu serviço...só que esta semana está foda (fazia tempo que eu não escrevia esta palavra...rsrsrrs).

Para passar o tempo...memezinho...


Liste dez palavras, que lembrem coisas boas, começadas com a 1ª letra do seu nome.

- Gostoso
- Gelo
- Gelatina
- Gentileza
- Gatão
- Gargalhada
- Galera
- Gaviões
- Grama
- Gengibre

Eu fiz com a 1ª letra do meu verdadeiro nome...rá.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Louca por um doce


Ai que vontade de comer um mousse de maracujá agora...
eu gosto daquela receita que não leva gelatina...
hummmm...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Memezinho...rsrsrrs

HÁ 15 ANOS
- Eu estava na oitava série e era a melhor aluna da classe.
- Matei aula pela primeira vez e foi com a minha irmã.
- Dei o primeiro beijo e foi com alguém que eu não era apaixonada.
- Estava decidida a ser professora e passei no vestibulinho para Magistério.
- Achei o máximo ver o Brasil ganhar a Copa do Mundo.


HÁ 13 ANOS
- Eu fazia Magistério e adorava estudar de manhã.
- Era apaixonada pelo menino mais bonito do bairro.
- Treinava volei à tarde no time da escola.
- Fiquei amiga da pessoa que seria minha melhor amiga por anos.
- Comecei a frequentar a Biblioteca Municipal e virei rata de biblioteca.

HÁ 11 ANOS
- Eu namorava meu primeiro namorado.
- Trabalhava como professora no Clubin.
- Decidi que não queria mais ser professora.
- Fazia curso de informática e adorava.
- Comecei sair nos finais de semana e virei baladeira.

HÁ 09 ANOS
- Separei do meu primeiro namorado e já conheci o segundo (mas nem imaginava).
- Dicidi voltar estudar e fui fazer um curso Técnico em Administração.
- Conheci outra pessoa que se tornou uma grande amiga para a vida toda, com quem posso contar sempre mesmo que eu não a veja sempre.
- Continuava baladeira de carteirinha.
- Estava muito feliz comigo, com os desafios superados.

HÁ 07 ANOS
- Comecei a namorar meu segundo namorado.
- Sofremos acidente de carro.
- Trabalhava em um serviço que eu não gostava e decidi sair.
- Meu pai ficou muito doente e faleceu.
- Tive apendicite e fiz cirurgia.

HÁ 05 ANOS
- Entrei no meu atual trabalho.
- Fazia o curso Técnico em Segurança do Trabalho.
- Nesse curso fiz amigos para toda a vida e aprendi muuuito.
- Terminei o relacionamento mais intenso da minha vida.
- Briguei com minha melhor amiga.

HÁ 03 ANOS
- Tirei carta de carro e moto (eu que achava que nunca ia conseguir dirigir).
- Mudei de faculdade, deixei Gestão Ambiental para fazer Administração.
- Comecei a fase mais baladeira da minha vida.
- Também passei por momentos difíceis...aqueles que a gente se sente só no meio da multidão.
- Tinha um fã que eu achava um espetáculo de lindo (eu e a torcida do Corinthians).

HÁ 01 ANO
- Comprei uma Biz.
- Fiz uma viagem incrível com meus amigos para Camboriú.
- Estava radiante com o meu time de futebol.
- Detestava a faculdade para a qual eu tinha mudado.
- Nem imaginava a loucura que aconteceria por causa dessa mesma faculdade. Me apaixonaria perdidamente por alguém.

ONTEM
- Terminei o curso de Designado da CIPA.
- Fui na faculdade, cheguei no horário e ainda fiquei até terminar a aula.
- Fui falar com meu professor sobre a minha nota de Análise de Investimentos e ele prometeu rever.
- Estava mal humorada.
- Imprimi toda a matéria que faltava e decidimos sobre o projeto que temos que fazer.

HOJE
- Vou na faculdade.
- Estou um pouco triste porque eu e o amigo não estamos nos falando.
- Fui no dentista e meu dentes estão doloridos pra caramba.
- Fui trabalhar.
- Terminei o curso online que eu estava fazendo.

AMANHÃ
- Vou trabalhar novamente.
- Vou na natação.
- Vou na faculdade, apesar que a minha vontade era de ir em uma palestra que vai ter no Clube de Campo.
- Tenho que começar a fazer dois trabalhos: Direito Empresarial e Direitos Humanos.
- A vida segue sempre em frente.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Meu perfil aí do lado...

Eu estava lendo esse perfil que eu tenho aí do lado e me dei conta de que preciso atualizar algumas informações...É que este perfil eu escrevi há uns dois ou três anos atrás para um outro blog que eu tinha começado mas que eu abandonei...era um blog só de mensagens que eu gostava e que me faziam sentido no momento, tanto que as únicas informações pessoais que o blog continha estavam todas resumidas neste perfil. Quando eu comecei o Delírios eu coloquei o perfil aí do lado porque eu gosto dele e ele resume bem o que eu sou, o que me aconteceu e as coisas que acredito. Depois disso apenas acrescentei algumas informações relevantes e não excluí nenhuma...mas lendo agora eu sinto que é necessário fazer algumas alterações, até porque mudei também em alguns aspectos, poucos, mas mudei...

Eu não acho fácil ser eu


Tanta coisa que eu gostaria de falar, de contar, de pedir uma opinião e eu não faço nada disso...ultimamente tenho me fechado e percebo que isso não está fazendo nada bem a minha sanidade mental (que eu desconfio que já não é ou nunca foi muito equilibrada).

E eu tenho consciência de que quando a gente não está feliz com a gente mesmo isso reflete em nosso exterior, se reflete em nossa vida, na maneira como andam as coisas nais quais damos importância, na maneira como nos vemos e vemos o mundo a nossa volta.

Por outro lado não tomo atitudes por puro comodismo, por medo, talvez....medo de que as coisas fiquem piores...ou aquela sensação de que quanto mais você faz piores as coisas ficam.

É que estou sem vontade, mas se eu for listar as coisas que estão em minha vida que eu gostaria de mudar ia dar uma lista enorme, mas isso acontece em dias como hoje, que estou insatisfeita com tudo, com uma visão de 'copo meio vazio' porque na maioria dos dias estou satisfeita com a minha vida. Se não é toda a verdade pelo menos me sinto convencida que sim.

Em dias como o de hoje que eu faço uma análise de tudo que está em minha vida e gostaria que fosse diferente. E eu DETESTO esses dias porque eu sei, e não querendo ser piegas, que tudo o que eu não gosto depende exclusivamente de mim para mudar.

Todas as coisas das quais eu reclamo ficam por isso mesmo porque eu só reclamo e não tomo uma atitude para melhorar, porque por uma razão ou outra me é cômodo ou eu não quero mudar meus hábitos, ou não quero aceitar que eu estou errada ou simplesmente não tenho coragem.

Eu invejo aquelas pessoas que não possuem conflitos, que não questionam, que seguem o curso natural das coisas...aquelas pessoas que 'se encaixam' perfeitamente na sociedade e no que as pessoas esperam dela, se é que vocês me entendem.

Daí eu pergunto...será que é mesmo verdade ou é apenas a imagem que passam?...ou é apenas o caso de eu estar achando que a grama do vizinho é mais verde?

Todos nós temos dificuldades e desafios para superar e tem uma frase que eu acho das mais verdadeiras: 'Deus nos dá a cruz que somos capazes de carregar'...e hoje estou me sentindo incapaz de carregar a minha, incapaz de resolver meus problemas (problemas esses que eu mesma criei). Claro que se eu olhar para o lado tem pessoas em situações piores, assim como existem pessoas em situações melhores. Sei que não dá para comparar.

Nem é justo eu querer comparar. O fato é que eu querendo ou não vou ter que enfrentar algumas situações, tomar algumas atitudes, mudar alguns hábitos...tudo se eu realmente quiser que as coisas sejam diferentes....

Estou sentindo falta de me entusiasmar com algo, de fazer alguma coisa que me deixe satisfeita, que coloque um sentido a mais em minha vida, algo que eu realmente acredite e me orgulhe em realizar...

Do jeito que as coisas estão não dá para continuar. Isso é fato. E aconteceu tanta coisa ultimamente, é que não dá para escrever tudo aqui no blog, mas tanta coisa que eu tenho que rir para não chorar...de uma coisa eu não posso reclamar...eu não tenho uma vida monótona, cada hora está acontecendo uma coisa diferente...só falta mesmo eu parar de fugir de certas situações...

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Um dia também vou construir um castelo...



"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo.

E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um 'não'.

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

Fernando Pessoa.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

O feriadão

Meu feriado teve tudo o que eu podia esperar: sol, muito sol...calor, crianças, agradecimentos, casa de amigos, barzinho, baladinha básica, filme, chuva, xurras na chácara...

E agora começa a semana...estou sem pique nenhum...mas vamos lá!!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Freud deve ter uma explicação

Ontem o dia não começou bem e terminou pior ainda. Na faculdade fiz uma prova que eu não sabia nada. Nada mesmo. Horrível. Mas desisto de ficar listando as coisas chatas.

Vou falar de outro assunto que não tem nada a ver, é chato também...mas não tem nada a ver, hahha...tive um sonho em que minha casa estava cheia de coisas amontoadas (quem viu no Fantástico a casa daquela mocinha que queria voltar a praticar natação e a mãe dela pediu ajuda à Liga das Mulheres? Pois é, no meu sonho a minha casa era tão entulhada quanto a dela, e eu faço natação, entenderam..hã, hã)...acordei sufocada...meedo.

Depois fiquei pensando que já faz algum tempo que eu falo que vou fazer uma faxina nos ‘meus papéis’ e até agora nada...comprovantes de pagamento de boletos, notas fiscais, holerites, etc. ficam tudo em uma caixa....depois tem as apostilas de palestras, cursos dos quais eu participei e adoro guardar as pastinhas, canetas, bloquinhos, etc....livros que eu li e não vou ler novamente...de repente lembrei que eu quero colocar uma ordem nisso tudo, jogar coisas fora, deixar tudo organizado...

Eu sempre faço isso no meu guarda-roupa. Se tem uma coisa que vocês não vão achar no meu guarda-roupa são roupas que eu não uso, tudo bem.... confesso que deve ter uma ou duas peças que eu tenho a esperança que ainda me sirvam e que por isso eu ainda não dei fim ..mas no geral só tem o que eu uso mesmo. Todo ano eu me desfaço de todas as peças que não me servem, que saíram de moda, que estão velhas, que estão novas mas que eu não uso e nem sei porque comprei...

Mas se tem uma coisa que eu não gosto de jogar fora são meus sapatos...eu reluto tanto em jogar meus sapatos fora...já tenho separados para irem para o lixo meus chinelos brancos, minha botinha que os meninos do serviço dizem que é ortopédica, o tênis que eu vim trabalhar hoje (schiiiiuuu...às vezes eu posto do meu serviço) e que estava separado mas eu peguei para usar a última vez.

Sem contar que eu já sonhei um monte de vezes que eu saia de casa e quando chegava a determinado lugar, ou dentro do ônibus, ou andando na rua eu percebia que estava descalça...me dava um desespero. Deve ser por isso que eu não gosto de jogar meus sapatos fora..algum trauma de uma vida anterior, sei lá. Acho que a Psicologia tem uma explicação, que eu não sei qual é, mas deve ter uma explicação.

O que tudo isso tem a ver com o meu sonho? Nada, só lembrei e estou contando.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Porque que eu não fiquei dormindo???


Sabe aqueles dias que você se pergunta: porque que eu não fiquei dormindo?

Então...

Já me perguntei isso três vezes hoje...e ainda nem são 10:00h.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Porque sempre damos pistas...


Não me prometa nada. Eu prefiro mil vezes uma surpresa a uma promessa. detesto quando as pessoas me prometem alguma coisa e não cumprem. Mesmo que a pessoa tenha motivos reais e fundamentados para não cumprir a promessa. Mesmo que ela não tenha culpa nenhuma por não ter conseguido cumprir o que prometeu. Na hora eu fico chateada, fico mesmo. E fico emburrada, e sem vontade de falar sobre o assunto. Mesmo que depois passe e eu nem me lembre mais porque estava chateada. Por isso que eu não gosto de prometer nada. Porque promessa não cumprida fica a sensação de que ou fomos enganados ou enganamos alguém.

Agora com a surpresa é diferente. Ser surpreendido por alguém é na maior parte das vezes uma coisa boa. Quando a pessoa te prepara uma surpresa quer dizer que ela teve todo o cuidado em preparar algo que ela sabia e/ou imaginava que iria te agradar. Gastou tempo pensando em ti, correndo atrás para que tudo saísse como planejado, para que desse certo. Prestou atenção aos seus gostos, ao seu jeito, aos detalhes.

É a mesma coisa que ganhar presente. Quando alguém me pergunta: o que você quer ganhar de presente? Eu fico sem jeito, sério. Se for para eu escolher o presente eu mesma vou à loja e compro. Presente tem que ser surpresa. Concordo que seja muuuito mais prático a pessoa dizer o que quer ganhar, porque daí a gente não tem que quebrar a cabeça para pensar no presente certo, aquele que vai agradar...é só desembolsar a grana. Mas vocês também tem que concordar que perde toda a graça. Que é muito mais gostoso quando a gente ganha o que a gente quer sem esperar....que o presente foi dado porque a pessoa prestou atenção na gente, nas pistas que demos...

Meu lado mulherzinha gosta deste tipo de coisa...

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

O fim de semana

Eu não disse que não ia sair no final de semana???...quer dizer, só fui sexta-feira na casa de uma amiga com o pessoal para tomarmos uma (s) cerveja (s), comer uma pizza, afinal com o calor que estava fazendo a gente merecia, néh....e voltei cedo.

O assunto foi a praia que nós iremos no final do ano. Vai a mesma turma que foi para Camboriú ano passado, já está praticamente tudo acertado, meu amigo e a namorada vão agora no feriado para conferir se a casa é boa mesmo e fechar com a proprietária para irmos passar o Reveillon lá (vamos para o Guarujá).

Demos tantas risadas lembrando do ano passado...a promessa geral é que esse ano vamos nos comportar, não vamos brigar...hahhahhaha...Vocês acreditaram? Nem eu.

O resto do findi vocês já imaginam néh...estudei, estudei, estudei...mas deu tempo para dar atenção para a minha sobrinha linda, ler os gibis da Turma da Mônica que ela levou em casa, assistir Bolt, o super cão (muito engraçado, adorei) e Transformers 2.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Reminiscências da semana

Há algum tempo atrás fiz strike com meu fã-clube inteiro por não me sentir feliz ao lado de nada, nem de ninguém (crise...precisava de um tempo sozinha...hahhaha)...mas essa semana resolvi abrir uma exceção para o Amigo, mas não estou muito a fim de comentar sobre isso agora não (assunto para outro post)...sabe aquelas relações que te deixam feliz e frustrada ao mesmo tempo?. Pessoas tão diferentes deveriam ser proibidas de se aproximarem. Ou será que sou eu quem deveria ser mais sensata?

****

Eu tento, juro que eu tento...eu falei que não ia sair sábado à tarde e estou eu lá estudando quando resolvo dar uma espiadinha no meu celular. Tinha três chamadas perdidas, duas de um amigo e uma da minha amiga. Liguei para a minha amiga e ela: Você não vem na chácara hoje? Não, estou estudando. Vem, está todo mundo aqui. Mas eu tenho que terminar o trabalho de Estatística. Mas a gente vai embora cedo, dá tempo de você fazer amanhã, vem do jeito que você está mesmo. (olho para mim: shorts amarelo berrante, blusinha branca, chinelo e cabelo despenteado). Ta bom vai, eu vou tomar um banho e daqui meia hora estou aí....(não precisa muito para me convencer...hahhaha...tudo bem que eu demorei uma hora e quarenta minutos para chegar lá, mas valeu a pena, me diverti muito, aliás, eu sempre me divirto). E fiz o trabalho no domingo.


*****

Toda semana no meu serviço a gente combina com o pessoal para uma pessoa trazer uma caixa de Bis, mas sabe como é...uns trazem e comem, outros não trazem e não comem, outros não trazem e comem...Só sei que um dos que nunca trazem e comem resolveu dar dinheiro para comprar, mas como os meninos aqui estão indo trabalhar na Kraft, eu e a outra moça que trabalha aqui resolvemos pedir para ao invés de Bis eles comprarem um pacote de Sonho de valsa. Quando chegou o pacote de bombom, nós nos empolgamos, demos um para cada um dos meninos e dividimos o resto entre nós duas...hahha...deu uns dezoito bombons para cada uma e como era sexta, final do expediente, levamos os bombons embora...hahaha...na segunda foi o maior bafafá...só risadas porque demos balão nos bombons...mas já nos emendamos, depois dos protestos demos dinheiro para comprar um novo pacote para dividir com os meninos.


*****

Esperei tanto para assistir São Paulo x Corinthians e vocês viram o que aconteceu no jogo néh? Juiz FDP. Prejudicou o Corinthians até não querer mais. Mas tudo bem, não vou nem me estressar, eu sei que o timão não tem chance mesmo de brigar por esse título. Mas que nós não perdemos não perdemos.


*****

Nossa...quase que eu perco todas as aulas de natação, já faz um mês que começou as aulas e eu ainda não fui nenhum dia, primeiro porque chove dia sim dia também, os dias que não chove faz frio e ainda por cima eu tenho que passar pelo médico para pegar o atestado. Não vejo a hora de começar freqüentar as aulas novamente, estou com saudades, por falar nisso lembrei que eu quero comprar um maiô novo.


*****

Esse final de semana eu não vou sair de casa, sério, eu sei que vocês não acreditam, mas dessa vez eu estou falando sério. Semana que vem eu tenho prova TODOS os dias e entre ficar um final de semana estudando e pegar uma DP, eu estou preferindo ficar um final de semana estudando. Senão no ritmo que anda a carruagem periga eu pegar mais que uma DP.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Descobrindo sozinho


Gatos, Gatinhas e Gatão...estou na correria e sem tempo de postar, mil coisas para fazer e cabeça longe...mas leiam o texto abaixo, bem bacana para a reflexão...assim que tiver tempo conto as novidades...


"Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, e geralmente antes dos 30 anos.

Não contaram que o amor não é acionado nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.

Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo.

Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um", duas pessoas pensando igual, agindo igual, que isso era o que funcionava.

Não nos contaram que isso tem nome: anulação.

Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos.

Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados.

Que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis.

E que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto.

Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.

Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.

Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo prá gente.

Cada um vai ter que descobrir sozinho.

E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz, e se apaixonar por alguém..."


Retirado do blog "O meu sonho de ser feliz"

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Um espaço para a loucura


Estou cansada. Cansada de ser sensata e viver com a sensação de estar vivendo pela metade. Sufocando os meus desejos mais íntimos. Fugindo de mim. Fingindo que estou feliz quando na verdade é o contrário. Cansada de acreditar em mentiras. De não dizer o que tenho vontade, mesmo que seja o que a pessoa não quer ouvir. Cansada de perceber que as pessoas se fazem de forte mas na verdade sentem o mesmo medo que eu sinto. Que parecem tão seguras mas que também não sabem o que querem. Que as dúvidas existem. Preciso parar e me deixar levar. Só por um instante. Por um momento. Não pensar, não querer, não esperar. Apenas me deixar levar.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Frase do dia


"O que eu sinto, eu não ajo.

O que ajo, não penso.

O que penso, não sinto.

Do que sei, sou ignorante.

Do que sinto, não ignoro.

Não me entendo e ajo como se me entendesse".

Clarisse Lispector

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Lembrete do Mário...

O tempo
A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.
Mário Quintana

Eu sempre digo aqui no blog que somos responsáveis por nossas escolhas. E eu acredito nisso, mesmo quando às vezes a minha vontade é de colocar a responsabilidade de tudo o que acontece em minha vida em cima de alguém, no destino, sei lá. Tempo bom aquele em que eu acreditava que tudo o que acontecia era vontade de Deus...não que hoje eu não acredite mais nisso, é que naquele tempo eu não sabia (ou não entendia) o que era livre arbítrio.

E sempre acontece isso comigo...fico sempre preocupada se estou fazendo a coisa certa, se vai dar tudo certo, o que as pessoas vão dizer. Eu sei que tenho que seguir o que meu coração manda, mesmo que vá contra o que todos acreditam, mesmo que eu tenha medo.

Mas eu sei também que quando eu escolho um caminho vou por ele e não olho para trás (não com freqüência) e quando a gente escolhe o caminho menos percorrido quer dizer que talvez não tenhamos muito apoio, que talvez tenhamos que percorrê-lo sozinhos, mas no final, para nós, o saldo será sempre positivo.

Até porque a vida não dá garantias, mesmo que a maioria das pessoas procurem o lugar mais seguro, no fundo eu sei, você sabe e todo mundo sabe que não existe lugar seguro. Não se você quer viver uma vida plena, verdadeira, intensa.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

O importante é que emoções eu vivi...01 ano de Blog!



01 ANO DE BLOG

Quando eu comecei o Delírios ano passado não imaginava que ele iria chegar tão longe...eu já havia começado outros dois blogs mas não tinha levado a empreitada adiante. Com o Delírios tomei a decisão de seguir em frente de qualquer maneira.

Foi assim que eu descobri e continuo descobrindo o mundo fascinante da Blogosfera...os blogs que eu sempre leio e que tenho a impressão de conhecer os autores (as)...os blogs que conheci recentemente...as idéias, poesias, experiências de vida, a mesma coisa vista de diferentes expectativas, a maneira divertida e estimulante que algumas pessoas tem de contar as coisas mais triviais, a criatividade traduzida em palavras,etc.

E eu sei que uma hora ou outra bate uma preguicinha de escrever, uma hora ou outra a gente tem que viver a vida real e não sobra muito tempo para postar, que ficamos devendo as visitas aos blogs amigos, que nem sempre temos inspiração...mas tudo isso faz parte e quem tem um blog sabe que uma hora ou outra uma dessas coisas acontece (ou acontece tudo de uma vez)...mas de uma coisa eu sei...dificilmente vou conseguir ir embora e não voltar mais (por livre e espontânea vontade, digo).

O que quero dizer é que me sinto grata por tudo isso ter acontecido...porque quando estou blogando é como se eu estivesse sozinha e acompanhada ao mesmo tempo e sei que é isto que acontece...estamos sozinhos e sós ao mesmo tempo...podemos dizer o que pensamos e sentimos para pessoas que não nos conhecem e que apesar disso ou que talvez por isso nos compreendam. Sintam-se todos abraçados.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Só estou de passagem...


* Gente...correria...ainda estou fazendo o curso on-line, cheguei na metade...\o/\o/\o/

* Tenho um monte de coisas da faculdade para fazer, mas ao invés disso fico perdendo tempo com bobagens...como procurar saber como vai terminar a novela...essas coisas...vocês entendem, néh...

* Eu e minhas amigas mudamos de sala na facul...a minha antiga classe estava superlotada...

* Aqui em Pira começou chover e não para mais...uughhhh!...

* Saudades das minhas sobrinhas...

* Adorei o feriadããão...

* Tenho aprendido o valor de se cultivar a tolerância, a paciência...

* Hoje é dia 09/09/2009...sexta-feira é o 1º aniversário do Delírios...

domingo, 6 de setembro de 2009

Eu quero alguém


Quero alguém que fale pouco
mas com o seu silêncio possa dizer muito.
Quero alguém que não me faça promessas
mas com pequenos gestos demonstre o seu amor.
Não quero alguém que enxugue as minhas lágrimas

mas, sim, alguém que não me faça chorar.
Não quero alguém que me faça cobranças
mas alguém que me compreenda.
Não quero alguém que aponte os meus defeitos

mas alguém que tenha a sensibilidade de enxergar as minhas qualidades.
Não quero alguém que faça criticas
mas alguém que me aceite do jeito que sou.
Não quero alguém vazio, superficial e que viva de aparências

e que faça promessas que não serão realizadas.
Não quero alguém que viva de fantasias.
Só quero alguém que me ame...E se deixe ser amado!

Só quero alguém que goste de viver a vida de forma simples,
recheada com muito amor e carinho e,
acima de tudo, com muita sinceridade e respeito.
Quero alguém que, assim como eu,
acredite no amor verdadeiro!


Ana Amélia Donádio


Recebi este poema por email e achei-o muito lindo...reflete tudo o que penso e desejo neste momento de minha vida. E como estamos em pleno feriadão deixei este post programado. Um ótimo feriado a todos.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Histórias...


Ontem estava chovendo, fui de ônibus para a faculdade para voltar de carona com um amigo. Fazia muito tempo que eu não andava de ônibus e não sabia mais os horários, sem contar que fiquei todo o tempo pensando que tinha pego o ônibus errado.

Muita gente não gosta de andar de ônibus, eu gosto (só não gosto nos horários de pico)...sabe aquelas cenas de filme em que a pessoa fica olhando pela janela enquanto toca a trilha sonora? E quando a pessoa vai viajar e fica olhando a paisagem passando pela janela...adoro...

Mas acredito que o fato de eu gostar de andar de ônibus não venha dos filmes, mas das lembranças boas de minha infância. Minha mãe era cobradora de ônibus e eu, minha irmã mais nova e meu pai quando íamos a algum lugar sempre íamos dar uma volta junto com ela, lembro que meu pai achava o máximo eu ‘saber ler’ as placas das fachadas, isto quando eu tinha uns cinco anos e nem era alfabetizada, mas ele ficava todo empolgado porque eu falava: aqui é tal lugar, olha lá tal coisa...olha a Casa do Papai...que era meu lugar preferido para passar na frente...acho que eu sabia tudo de cor.

Quando eu e minha irmã crescemos mais um pouco, por volta dos dez, onze anos nós íamos sozinhas de ônibus para tudo quanto é lugar, naquela época não tinha essa preocupação de não deixar criança sair sozinha, muito pelo contrário, minha mãe incentivava ao máximo para que aprendêssemos a ser independentes e responsáveis (eu sei que hoje não dá para facilitar, minha sobrinha, por exemplo, tem sete anos e ninguém a deixa ir sozinha à padaria na esquina de casa)...eu e minha irmã íamos sozinhas ao supermercado quando precisava comprar alguma coisa que estivesse faltando, íamos à biblioteca, ao shopping...e o mais engraçado é que passávamos o maior apuro para conseguir apertar a campainha por causa de nossa altura, mas adorávamos.

Depois veio a época de estudar no centro e ter que pegar ônibus todos os dias para ir para a escola, daí eu já tinha uns quinze anos e minha rotina era ir de manhã para a escola e dois dias à tarde eu ia às aulas de informática, um dia eu ia ao estágio, porque eu fazia magistério, e sobrava uma tarde livre, já que eu estava lá no centro eu usava esse dia para ir à biblioteca, ou pegava minhas revistas (que eu era viciada em Capricho, Atrevida e Todateen) e passava a tarde toda no parque da prefeitura lendo ou escrevendo na minha agenda. Época boa...em que meu almoço geralmente era uma barra grande de chocolate e uma lata de coca-cola.

Já tive fases de andar de ônibus enquanto estava triste, de andar de ônibus para pensar na vida, isso sem contar as histórias engraçadas, estranhas...hoje raramente eu ando de ônibus...só nos dias de chuva para ir à faculdade, até porque com a vida corrida que a gente leva quanto mais rápido formos de um lugar para outro melhor e deslocar-se de ônibus definitivamente não é a alternativa mais rápida.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Rosas


Você pode me ver
Do jeito que quiser
Eu não vou fazer esforço
Pra te contrariar
De tantas mil maneiras
Que eu posso ser
Estou certa que uma delas
Vai te agradar... (2x)

Porque eu sou feita pro amor
Da cabeça aos pés
E não faço outra coisa
Do que me doar
Se causei alguma dor
Não foi por querer
Nunca tive a intenção
De te machucar...

Porque eu gosto é de rosas
E rosas e rosas
Acompanhadas de um bilhete
Me deixam nervosa...

Toda mulher gosta de rosas
E rosas e rosas
Muitas vezes são vermelhas
Mas sempre são rosas...

Se teu santo por acaso
Não bater com o meu
Eu retomo o meu caminho
E nada a declarar
Meia culpa, cada um
Que vá cuidar do seu
Se for só um arranhão
Eu não vou nem soprar...

Porque eu sou feita pro amor
Da cabeça aos pés
E não faço outra coisa
Do que me doar
Se causei alguma dor
Não foi por querer
Nunca tive a intenção
De te machucar

Porque eu gosto é de rosas
E rosas e rosas
Acompanhadas de um bilhete
Me deixam nervosa...
Toda mulher gosta de rosas
E rosas e rosas
Muitas vezes são vermelhas
Mas sempre são rosas...
Porque eu gosto é de rosas
E rosas e rosas
Acompanhadas de um bilhete
Me deixam nervosa...

Toda mulher gosta de rosas
E rosas e rosas
Muitas vezes são vermelhas
Mas sempre são rosas...

Você pode me ver
Do jeito que quiser
Eu não vou fazer esforço
Prá te contrariar
De tantas mil maneiras
Que eu posso ser
Estou certa que uma delas
Vai te agradar...
Ana Carolina
Composição: Totonho Villeroy

Se arrependimento matasse...

Pior coisa é aquela pessoa imatura que não dá o braço a torcer...mesmo que a pessoa no fundo saiba que ela não tem razão ela não dá o braço a torcer e ainda faz de tudo para que a gente se sinta mal com isso. Aliás, fazer com que eu me sinta mal tem sido especialidade desta pessoa ultimamente...imaturidade pouca é bobagem.

Tudo bem que eu também tenho minha parcela de responsabilidade...eu quase nunca me excluo disso...não existem inocentes...mas às vezes é foda....hahahha...é...meu blog também serve para falar mal dos outros, desabafar...hahhaha.

E por falar nisso...@#$%$%¨&*()&T¨%%¨**¨%$#@ ...vi meu irmão hoje e esqueci de zuar...o time dele (Santos) perdeu de virada para o meu time ontem....\o/\o/\o/\o/

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Mais de nada


Final de semana sussa...nada de novidades...nada que valha ser comentado aqui no blog, pelo menos.

****
Semana corrida...estou fazendo um curso via internet então vou ficar meio sem tempo de postar...sem contar que eu já tenho várias coisas da faculdade para fazer. Mas não fiquem tristes não...eu não vou abandoná-los...

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Daí que a festa a fantasia foi um barato

A festa foi em uma chácara no bairro Jupiá, de onde dava para ver a cidade toda (é aquela chácara amarela que fica bem em cima da pedreira do Bongue, para quem é de Pira). Muito lindo ver a cidade do alto. Adorei.

Eu já sabia do que todos meus amigos iam vestidos menos de uma...e não é que nós fomos vestidas iguais...de Minie (a namorada do Mickey)...e ainda por cima encontramos outra vestida de Minie também...só risadas...nós nem conhecíamos a outra menina mas não demorou para nos juntarmos para tirar fotos e dar muitas risadas.

Aliás fazia tempo que a turminha não se juntava. Foi o aniversário de dois amigos que são DJ's...eles que fizeram o som...e como eles tocam o tipo de música que todos nós gostamos...nos divertimos muuuuito. Isso sem contar os doces, as bexigas, pirulitos...parecia uma festa com um monte de crianças grandes.

sábado, 22 de agosto de 2009

Só eu mesmo

Ontem fui com uma amiga no teatro, marcamos de encontrar um casal de amigos nosso lá. Desencontramos. Eu e ela assistimos o espetáculo "A falecida" enquanto eles foram ver a apresentação de dança com a participação de Ana Botafogo. Como a peça era curtinha acabou que eu e minha amiga assistimos a peça e ainda vimos a apresentação de dança que demorou um pouco para começar por conta das solenidades com a participação do prefeito. Muito bom.

Agora estou na lan house...acordei cedo para vir no centro alugar uma fantasia para a festa de aniversário de meus amigos DJ's. Fiz mais que isso...falei que não ia gastar nada esse mês e acabei comprando uma meia-calça, um par de sapatos e um secador de cabelo. Mas estou de boa, não estourei o orçamento...hahhha. Estou aqui enrolando até dar a hora de eu ir fazer minhas unhas. Estava vendo o meu orkut que está abandonado...só com as fotinhos de ano novo em Camburiú...tsc,tsc,tsc...vou dar um jeito nisso, não hoje, mas logo, logo...