domingo, 10 de maio de 2009

Que mulher é essa?

Que mulher é essa
que não se cansa nunca,
que não reclama nada
que disfarça a dor?
Que mulher é essa
que contribui com tudo,
que distribui afeto,
tira espinhos do amor!
Que mulher é essa
de palavras leves,
coração aberto,
pronta a perdoar?
Que mulher é essa?
que sai do palco,
ao terminar a peça,
sem chorar!
Essa mulher existe,
sua doçura resiste,
às dores da ingratidão,
resiste à saudade imensa,
resiste ao trabalho forçado,
resiste aos caminhos do não!
Essa mulher é MÃE,
linda, como todas são.
Ivone Boechat - Niterói/RJ

3 comentários:

Juliana Rocha disse...

Ô q coisa mais linda! Dá até vontade de ser mãe!!! Bjinhos

Loira e Morena disse...

Lindo texto!

Beijaooo da Morena!

Lilith disse...

Também achei um lindo texto...quanto a vontade se ser mãe, Ju...passo a minha vez...hahha...bjus.