quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Dilema dos quilos a mais

Piracicaba vai voltando à normalidade... e a vida também. E eu também. Passada a euforia do começo do ano é que a gente entende que a vida continua igual ano passado. Mas eu não estou pessimista, não.

Eu estou literalmente de regime. E a pior coisa de estar de regime é ficar em casa e não poder comer, é sair de casa e não poder comer. Porque eu sou uma pessoa que gosta muito de comer, principalmente bobagens, e todo lugar que eu vou eu já penso antes o que vou comer.

Isso sem contar os doces, que eu cortei um pouco...um pouco, diga-se de passagem. Eu prefiro mil vezes fazer exercícios do que deixar de comer tudo o que gosto. Mas é claro que eu estou dando uma segurada.

E por falar em exercício, eu fui na academia aqui perto de casa para ver se dava para colocar no orçamento o gasto com academia. Mas só de olhar para toda aquela gente malhando me deu uma preguiça. Mas não é a preguiça de fazer exercício. É a preguiça de gente. E eu olhei para uma rodinha de gente conversando e me lembrei de quando eu frequentava esta mesma academia e eu às vezes não queria ir só para não ter que conversar com ninguém.

Porque todo dia você vê as mesmas pessoas e tem que ser simpática. E não pode fazer seus exerícios sossegada porque tem sempre alguém querendo conversar. E eu sou daquelas pessoas que gostam de fazer exercícios quieta, de boca fechada...concentrada. E tem pessoas que não entendem isto.

Mas em todo caso não vai dar mesmo para frequentar a academia e eu nem quero fazer esforço para dar certo porque a grana que eu ia gastar vou usar para fazer outra coisa. E vou continuar fazendo minha caminhada e malhando na calma reconfortante do meu lar.

Um comentário:

Única e Exclusiva disse...

Eu recomendaria pedalar, vc estará só e não precisará conversar com ninguém. E faz um bem danado. Eu adoro!

Força querida, vc vai conseguir teus objetivos.

Bjs ú&e =***
PS.: E o coração, como andas?